Facebook

Fotografias do Município

  • 24horastt_2012 3

    24horastt_2012 3

  • 823_384386091644339_1321743886_n

    823_384386091644339_1321743886_n

  • 1411_384390691643879_529026491_n

    1411_384390691643879_529026491_n

  • 9191_384386068311008_2088884862_n

    9191_384386068311008_2088884862_n

  • 9655_384394858310129_456007013_n

    9655_384394858310129_456007013_n

  • 17998_381028188678336_1023563900_n

    17998_381028188678336_1023563900_n

  • 29628_384384491644499_208378021_n

    29628_384384491644499_208378021_n

  • 32288_384380411644907_433266958_n

    32288_384380411644907_433266958_n

  • 32312_384386864977595_1834356483_n

    32312_384386864977595_1834356483_n

  • 59657_384394834976798_289065584_n

    59657_384394834976798_289065584_n

  • 154493_384388571644091_810351494_n

    154493_384388571644091_810351494_n

  • 155707_380886872025801_267554614_n

    155707_380886872025801_267554614_n

  • 197838_384377761645172_1390937987_n

    197838_384377761645172_1390937987_n

  • 198076_384350334981248_2097921334_n

    198076_384350334981248_2097921334_n

  • 302719_384384501644498_361901650_n

    302719_384384501644498_361901650_n

  • 374425_384396231643325_2122051645_n

    374425_384396231643325_2122051645_n

  • 374527_384394851643463_896119367_n

    374527_384394851643463_896119367_n

  • 380854_384391261643822_213502544_n

    380854_384391261643822_213502544_n

  • 402999_384395781643370_1771788628_n

    402999_384395781643370_1771788628_n

  • 403129_384387681644180_1295425256_n

    403129_384387681644180_1295425256_n

Informações

Águas do Norte Alentejano

A Águas do Norte Alentejano, S.A. foi constituída pelo Decreto-lei nº 105/2001, de 31 de março, do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território. Em 20 de abril de 2001, foi-lhe atribuída, pelo Estado Português, a concessão da exploração e gestão do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento do Norte Alentejano.

À ADNA compete prestar serviço público no âmbito do abastecimento de água e na recolha e tratamento de águas residuais, num contexto global, em compromisso com o ambiente, qualidade, segurança, responsabilidade social e a dinâmica económico-financeira no Norte Alentejano.

O Sistema de Saneamento do Norte Alentejano é constituído por um conjunto de quatro grandes Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR): Portalegre, Elvas, Ponte de Sôr e Tolosa, 25 ETAR de dimensão média e 57 Pequenas Instalações de Tratamento de Águas Residuais (PITAR).

Este Sistema está dimensionado para tratar 44.000 m3 de efluentes por dia correspondentes a cerca de 166.000 habitantes-equivalente, dos quais, cerca de 50.000 correspondem a efluentes industriais.

Dados Técnicos Fundamentais

Infraestruturas                                                                     

29 Estações de Tratamento de Águas Residuais
57 Pequenas Instalações de Águas Residuais
28 Estações Elevatórias
40 km de Emissários

Caudais/ População

166.000 habitantes-equivalente - População abrangida
44.000 m3/dia - Caudal máximo


Tratamento de Águas Residuais

Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR)

Depois de utilizarmos a água no nosso dia a dia para inúmeras atividades (cozinhar, limpar, tomar banho, etc.) a mesma transforma-se em água residual (ou esgoto) e necessita de ser tratada para poder ser reutilizada.

A ETAR tem como principal função receber e tratar as águas residuais, de forma a serem devolvidas ao meio ambiente, em condições ambientalmente seguras.
A ETAR pode integrar quatro fases de tratamento:

 1. Tratamento Preliminar - Numa primeira fase, as águas residuais, produzidas pela população através do uso doméstico ou pelas indústrias, chegam à ETAR onde são filtrados e separados os resíduos de maio dimensão.

 2. Tratamento Primário - A seguir, as águas residuais passam pela Decantação Primária, onde as particulas sólidas em suspensão são eliminadas por ação da gravidade.

 3. Tratamento Secundário - As águas residuais sofrem um Tratamento Biológico, com bactérias que digerem a matéria orgânica existente. A seguir, passam pela Decantação Secundária, que permite o depósito das lamas resultantes da ação das bactérias.

 4. Tratamento Terciário - Nesta etapa do tratamento as águas residuais são submetidas a uma desinfeção e remoção de nutrientes. Removem-se as bactérias, os sólidos em suspensão, os nutrientes em excesso e os compostos tóxicos específicos, tornando-as mais puras. Depois de passar por este tratamento, a água pode ser usada na agricultura, na rega de campos de golfe, na rega de espaços verdes, na lavagem de pavimentos e ruas, entre outras utilizações possíveis.

 Descarga Final da Água - Finalmente, a água é devolvida à natureza em condições ambientalmente seguras.

 

 

Redes Sociais

Facebook

Contactos

Praça do Município,
7460-110 - Fronteira
Telefone: +351- 245 600 070
Fax: +351- 245 600 099
E-mail: municipio@cm-fronteira.pt

© 2012 Município de Fronteira Todos os Direitos Reservados
ブランドコピー スーパーコピーブランド コピーブランド ブランドバッグコピー ブランドコピー時計 ブランドコピー財布